Após críticas, Bala Desejo, Gilsons e Céu não vão mais abrir show de Erykah Badu no Brasil

Bandas foram muito criticadas nas redes sociais.

A banda Bala Desejo, Gilsons e Céu anunciaram que não vão mais abrir os shows de Erykah Badu que irá acontecer no Brasil no ano que vem 2023. Após o Festival Nômade revelar que os artistas iriam abrir o show da lendária cantora, uma enxurrada de críticas foram feitas na internet, cobrando a presença de artistas negros no line-up e questionando o tamanho da banda para abrir o show da lenda da música.

Nas redes sociais, a banda Bala Desejo explicou que aceitou o convite “antes de saber exatamente quais seriam os artistas do line up e a programação completa do festival”. “Como uma banda, buscamos sempre estar próximos do público, mas é preciso que o público esteja próximo também de toda uma cena pulsante que, muitas vezes, fica à margem desse olhar curatorial. Depois do ocorrido e em respeito ao público que de pronto se posicionou assertivamente, decidimos não participar mais desse evento”, afirmou o grupo (Veja comunicado completo ao final da matéria)

A cantora Céu também falou sobre sua decisão de cancelar sua participação no evento. “Da minha parte, deixo aqui registrado que durante a apresentação do nosso show o palco teria mulheres pretas preferencialmente, artistas pretos majoritariamente, tendo sido essa, uma condição imposta por mim mesma. (…) Essa era uma iniciativa minha para uma celebração do “Catch a Fire” se desse em sua totalidade, plenitude e potência, abrindo caminhos e se conectando diretamente com a estrela da noite, Erykah Badu, na esperança de um olhar mais inclusivo, amoroso e renovado alinhado com uma sociedade mais justa”, afirmou a cantora.

Apesar de não emitir uma nota, a banda Gilsons também não vai mais se apresentar. Um cartaz de divulgação do festival publicado após as críticas não conta com o nome do grupo. O próprio festival também emitiu uma nota nas redes sociais, dizendo que estiveram atentos ao posicionamento nas redes e que por isso estariam reformulando o line.

Veja abaixo.

Relacionado

Source by [author_name]

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *