Musicas

Condenados deputados senegaleses que agrediram grávida no parlamento

Written by BeiraVibes


Views: 1

Dois membros do parlamento do Senegal foram condenados a seis meses de prisão por um tribunal nesta segunda-feira, depois de terem agredido uma deputada grávida durante uma sessão parlamentar no domingo.

Segundo a Sky News, Massata Samb deu uma chapada a Amy Ndiaye Gniby durante um debate orçamental na Assembleia Nacional depois de a deputada ter ripostado comentários que a criticavam.

De seguida, Gniby foi atingida com uma cadeira, empurrada para o chão por outros deputados e pontapeada no abdómen por Amadou Niang.

Os dois homens, do Partido da Unidade e da Liberdade (PUR), de oposição, após os incidentes foram condenados a pagar um total de £6.700 (mais de 7 mil euros) em compensação a Gniby, da coligação governante Benno Bokk Yakaar.

Esta última situação de agressões no parlamento agravou as tensões políticas no Senegal que têm vindo a crescer desde que o partido no poder perdeu a confortável maioria nas eleições de Julho.

A perda foi amplamente vista como uma repreensão ao Presidente senegalês Macky Sall devido à incerteza sobre se avançará um terceiro mandato em 2024, uma jogada que a oposição diz que violará os limites do mandato e de uma promessa anterior.

O Presidente do Senegal, Sall, de 60 anos, recusou-se, até agora, a afirmar se planeia candidatar-se novamente.

O incidente foi amplamente condenado e desencadeou um debate sobre os direitos das mulheres no país.

Leia mais…

Relacionado

Source by [author_name]

About the author

BeiraVibes

Leave a Comment