Jordin Sparks defende Chris Brown de vaias do público do AMAs

Jordin Sparks acredita que as conversas sobre o passado de Chris Brown “nem deveriam ser mais uma conversa” porque “é sobre o talento dele”.

O American Music Awards deste ano foi bastante controverso, tudo começou depois que os produtores cancelaram uma apresentação de Chris Brown. Um dia antes, a premiação decidiu cancelar a homenagem de Brown a Michael Jackson. Chris ficou bastante chateado com a mudança de última hora, já que ele e sua equipe de dançarinos iriam fazer uma apresentação de 7 minutos e treinavam bastante para isso.

Rapidamente, vários de seus colegas famosos criticaram os AMAs. Tank e Jermaine Dupri compartilharam vídeos nas redes sociais, mas no palco do AMA, Kelly Rowland não gostou das vaias que o cantor recebeu após ganhar uma categoria da premiação. Brown ganhou o prêmio de Artista Masculino de R&B Favorito, mas após o cancelamento da apresentação, ele decidiu não comparecer à cerimônia. Rowland aceitou em seu nome, e quando vários na multidão vaiaram, ela os colocou em seu lugar e fez um discurso protegendo o artista.

Capa Chris Brown

Foto: Denise Truscello/Getty Images para Drai’s Nightclub

O passado do Chris Brown envolvendo abuso e assédio virou um assunto na internet,  com pessoas debatendo se Chris deveria ou não ter se apresentado no AMA e até mesmo se ele merecia as varias. Como Rowland, Jordin Sparks, colaboradora do rapper em “No Air”, acredita que o boicote contra o artista não é válido.

“Honestamente, acho que isso nem deveria ser mais uma conversa”, disse Sparks sobre as controvérsias de Chris Brown. “Deveriamos falar sobre o talento dele, e eles simplesmente não deveriam ter cancelado a apresentação. É assim que me sinto sobre isso. As pessoas merecem poder crescer, aprender e viver suas vidas sem coisas pairando sobre elas. Todo mundo merece isso”.

Confira abaixo a postagem no Twitter e o vídeo do TMZ:

Relacionado



Source by [author_name]

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *