domingo, outubro 2, 2022
Entretenimento

Radjha Ali fala sobre o convite para representar o país no Festival Luju, em Eswatini – Revista online

Standard Bank Luju Food & Lifestyle Festival 2022

Nos dias 30 de Setembro e 1 de Outubro do ano em curso, será realizada a 4ª edição do Standard Bank Luju Food & Lifestyle Festival, na House On Fire, em Eswatini, que contará com a participação do cantor moçambicano, Radjha Ali.

Trata-se de um festival que junta música, moda, entretenimento, gastronomia, e apresentação de vinho e uísque por renomados sommeliers, sendo que Radjha Ali será o único cantor a representar Moçambique neste evento.

Em uma entrevista exclusiva à Moz Entretenimento, Radjha Ali revelou que se sente muito honrado por ter sido seleccionado como o único artista moçambicano no Standard Bank Luju Food & Lifestyle Festival, diante de tantos artistas que existem no país.

“Sinto-me honrado e privilegiado, porque sei e reconheço que há muitos artistas bons, com muita estrada, carreira, vozes estrondosas e talento enorme, mas desta vez, a produção decidiu escolher a mim e para mim é um privilégio e uma responsabilidade” – contou Radjha, dizendo ainda que o Festival Luju é uma boa iniciativa, pois junta vários artistas do continente africano.

Neste momento, Radjha Ali está na fase de preparação para o festival e tem estado a ensaiar bastante com a sua equipa, nomeadamente, Silvio Ferrão (Guitarrista), Nando Morte e Amade (Percussionistas), assim como Sidney Mucipa (Baixista). Em termos de repertório, o artista disse que irá levar aquilo que lhe identifica, que são as suas músicas e a cultura moçambicana no geral, ao palco do Festival Luju e contou que gostaria de interpretar algumas músicas da Zena Bacar por ser uma das suas maiores inspirações, mas o tempo de actuação não será suficiente para tal.  

A preparação está a ser muito boa, e claro que é sempre uma responsabilidade quando tu sabes que és o único moçambicano, estás a ir representar o seu país, então fica aquela responsabilidade, por isso, os ensaios devem ser feitos mesmo a rigor. Estou numa correria, a ensaiar de um lado para o outro, graças a Deus tenho músicos excelentes que têm trabalhado comigo e percebem bem o que quero” – revelou.

Para além de cantar, Radjha Ali segredou-nos que espera aprender muito e está muito ansioso para conversar e trocar experiências com artistas como a cantora cabo-verdiana/portuguesa, Lura. Depois da sua participação no Festival Luju, Radjha pretende finalizar o seu álbum, que será lançado nos de Novembro ou início de Dezembro.

De referir que bilhetes para o Festival Luju já estão disponíveis na cidade de Maputo, concretamente no Centro Cultural Moçambicano-Alemão (CCMA) e também podem ser adquiridos através do website www.lujufestival.com.

Leave a Response